rss
email
twitter
facebook

27 junho 2008

Automático

Na falta de um gancho melhor para começar esse post, e pela preguiça de pensar em algo criativo para o abre (vou preservar meus lampejos, sempre tão raros, pras situações que colocam o pão na mesa); vou de lembrança da infância:

Lembram daqueles papéis de bala de cereja que vinham com mensagenzinhas do tipo 'amar é ..' ou 'libra é signo de ...' pois hoje eu compus mentalmente a minha coleção pra colar na agenda. Começa assim:

- Infantilidade é quando você faz beiço por as coisas não saírem do jeito que você espera.
- Noção é quando você optar pelo silêncio porque sabe que, se abrir a boca, vai fazer estrago.
- Auto controle é realizar mentalmente que as coisas precisam seguir em frente, conter as reações e tocar o barco.
- Atitude é quando você sai para dar uma volta ao redor da quadra, compra um café com leite e regula os índices de adrenalina e glicose no corpo.
- Humildade é quando você admite que nem sempre age da melhor forma possível e tenta, do seu jeito, remediar a situação, e, a seu modo, esboçar um pedido de desculpas.
- Tranquilidade é quando você analisa e percebe que não fez tudo completamente errado, que o caos não vai necessariamente se instalar por causa da sua imaturidade emocional frente aos problemas, e que, dentro do possível, está tudo bem.
- Frustração é quando cada vez mais aparece a certeza de aquela voz dizendo 'cuidado, perda de tempo' estava certa.

3 comentários:

Caco disse...

Adorei a) as ótimas definições; e b) teres trazido à tona algo que me foi tão caro quanto os papeizinhos de Freegels.
Ótimo!
bjs

KassyKassandra disse...

Eu troco o meu papel...
...Felicidade é ter aulas de rádio, um carro, mato, dois amigos e uma garrafa suspeita durante a faculdade!

Pelo teu...
Auto controle é realizar mentalmente que as coisas precisam seguir em frente, conter as reações e tocar o barco.


Beijo

Rochele disse...

Muito bom isso.
Anda sumida sua garota que só trabalha....